terça-feira, janeiro 03, 2006

Wikipédia - quando informação não significa conhecimento

Reparámos que a conhecida e requisitada Wikipédia descrevia assim o Integralismo Lusitano
"O Integralismo Lusitano designou, durante a I República, um agrupamento sócio-político de tendências antimodernas, antiliberais, antiparlamentares, antidemocráticas, centralistas, nacionalistas, católicas e sobretudo monárquicas, formado em Coimbra em 1914. Dada a sua ideologia, acabaram por se desligar da obediência ao exilado D. Manuel, reconhecendo como legítimo pretendente ao trono português o neto de D. Miguel I, Duarte Nuno de Bragança.
Teve como reputados dirigentes
António Sardinha, Alberto de Monsaraz, José Pequito Rebelo, José Hipólito Vaz Raposo, Francisco Vieira de Almeida, Luís de Almeida Braga, Luís Cabral Moncada ou Francisco Rolão Preto (mais tarde uma figura destacada dos inícios do Estado Novo, iniciador do chamado «movimento nacional-sindicalista»).
Politicamente activo, apoiaram o
Sidonismo, e participaram nas revoltas de Monsanto ou ainda na Monarquia do Norte; acabaram por desaparecer durante os primeiros anos do Estado Novo."
Permitimo-nos acrescentar apenas:
"Errado... não desapareceram: vejam www.integralmentelusitano.blogspot.com"
(alguns minutos depois da postagem deste texto, a informação que demos à Wikipédia foi apagada!...coisas da enciclopédia livre.)

3 Comments:

Blogger Vitor Manuel said...

Nada me espanta neste país. Tudo o que pode incomodar o sistema é "censurado".

1:29 PM  
Anonymous macedo said...

Realmente um enciclopédia muito livre...

9:36 PM  
Anonymous Bic Laranja said...

Wikipedia. Vi o artigo de Salazar em Abril p.p. e metade era sobre o Aristides de Souza Mendes. Depois disso alguém tentou equilibrar o artigo, mas... Cumpts.

11:34 AM  

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home