segunda-feira, fevereiro 20, 2006

Um caminho... O ...

Permitam-me que partilhe convosco 3 poemas, de 3 autores distintos, que hoje o tempo trouxe até mim.
Que sejam poemas que nos façam reflectir sobre a arquitectura do mundo.
Que sejam poemas que nos façam reflectir sobre a exactidão do valor da Vida.
Duvida que as estrelas sejam fogo
Duvida que o sol se mova
Duvida da verdade e da mentira
Mas nunca duvides que eu amo.
Não somos impotentes - nós as pedras.
O nosso poder não passou - nem a nossa fama -
Nem a magia do nosso nobre nome -
Nem a maravilha que nos rodeia -
Nem os mistérios que em nós estão -
Nem as memórias que se nos agarram
E nos envolvem como um hábito,
A nós cobre-nos um manto de mais que glória
Ame infinitamente o finito
Deseje impossivelmente o possível
Queira tudo
Ou um pouco mais
Se puder ser
Ou até, se não puder ser
Ahh, se eu puder aprender, cada dia a medida exacta do mundo. Ser mais justo e perfeito.

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home